Ladrão rouba 450 barris de cerveja

A polícia da Irlanda está à caça de um ladrão de cervejas que roubou 450 barris cheios da cervejaria Guinness, o maior roubo já ocorrido em uma grande fábrica de cerveja na Irlanda. A polícia disse que um homem sozinho entrou dirigindo um veículo na fábrica – um marco de Dublin e uma das principais atrações turísticas da cidade – e engatou o seu caminhão a um trailer totalmente carregado estacionado no pátio, cuja carga deveria ser distribuída nos pubs da cidade.

A Diageo PLC, empresa de bebidas proprietária da Guinness, contou que a fábrica nunca havia sofrido um roubo desse porte em 248 anos de história. A polícia relatou que o ladrão levou 180 barris de cerveja escura Guinness, 180 barris da cerveja americana Budweiser e 90 barris da cerveja dinamarquesa Carlsberg. A Guinness fabrica essas marcas estrangeiras sob licença para venda na Irlanda.

A polícia não informou se o furto foi captado pelas câmeras de segurança de circuito fechado. Nenhuma descrição do suspeito foi divulgada, o que indica que ninguém o viu nitidamente. O valor de varejo do total furtado supera US$ 235 mil.

Segundo a polícia, o ladrão terá dificuldades para vender a cerveja sem chamar a atenção, a menos que conte com comparsas donos de redes de pubs. Contudo, agentes alfandegários afirmam que é prática comum nos pubs a venda de cigarros e bebidas alcoólicas roubados ou contrabandeados, sobretudo marcas de vodca falsificada, para escaparem dos onerosos impostos.

No passado, o Exército Republicano Irlandês atuando ilegalmente e outras gangues roubavam cargas de caminhões com cigarros e bebidas alcoólicas para revenda em pubs administrados por simpatizantes ou amigos. Esse tipo de assalto geralmente acontece nas zonas rurais, nunca no centro de Dublin.

Fonte: G1

URL da Imagem do Autor: Webmaster

Compartilhe Este Artigo no

Enviar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *