Ranking das 20 melhores cachaças

A boa e velha cachaça há muito deixou de ser uma bebida sem valor. Hoje é apreciada em confrarias, tem admiradores mundo afora e já conta com legislação específica.

São mais de 5 mil marcas de cachaça legalizadas no Brasil, desde cachaças artesanais que levam anos para ficarem prontas e podem custar até 500 reais a garrafa, até pingas industriais produzidas em algumas horas e vendidas a 3 reais. Um abismo não só de preço, mas principalmente de qualidade.

Confira aqui quais são, segundo os bons entendedores, as melhores aguardentes do país.

Download do Ranking das 20 melhores cachaças

Os 10 mandamentos da boa cachaça

Por Sérgio Arno, Chef e Dono da Universidade da cachaça

Foto: Mauren Veras

Foto: Mauren Veras

  1. ANALISARÁS BEM O RÓTULO:  verifique o ano, a procedência, a cor, o lacre e a graduação alcoólica. Garrafa deve ser sempre transparente, pois a cor ajuda a identificar, entre outras coisas, as impurezas.
  2. NÃO TERÁS PRECONCEITO: se de qualidade garantida, a cachaça não tem nada de “marvada”. Ter preconceito é totalmente infundado.
  3. BEBERÁS SEMPRE EM TEMPERATURA AMBIENTE: a temperatura ambiente é ideal, pois mantém o aroma e o sabor intocados.
  4. DARÁS A CADA CACHAÇA SEU FIM MERECIDO: para a mundialmente conhecida caipirinha, deve-se usar uma cachaça com teor alcoólico alto, pois o gelo dilui a bebida. E sempre branca. O sabor envelhecido não combina com a caipirinha. O mesmo tipo de cachaça, branca e forte, deve ser usado para culinária, pois o alto teor alcoólico flamba melhor. E, para beber purinha, vale a melhor cachaça, claro, envelhecida em tonéis de madeira e de boa procedência.
  5. ESTOCARÁS SEMPRE: monte a sua adega. Mantenha as garrafas num ambiente escuro, fresco e longe da mesa, para evitar a tentação.
  6. CONHECERÁS PARA DEGUSTAR: um pouco de conhecimento sobre o mercado e a história da cachaça ajuda a não levar gato por lebre. Salinas, por exemplo,é ícone da cachaça nacional, mas algumas marcas desconhecidas embarcam na fama e vendem pinga barata com a rubrica da cidade. Atenção às cachaças indicadas por este ranking. Livros, como o de Erwin Weimann, também ajudam.
  7. NUNCA BEBERÁS CACHAÇA SOZINHO: cachaça é para bebericar com os amigos, é algo social. Quanto mais amigos se tem, mais cachaça na cabeça…
  8. COMBINARÁS A BOA CACHAÇA COM A BOA COMIDA: tudo que é gorduroso vai bem com cachaça. Mas tem de ser branca, nunca envelhecida, porque o sabor da madeira compete com o do alimento. Cachaça envelhecida, só após as refeições, de preferência com um bom charuto.
  9. CONQUISTARÁS AMIGOS E MULHERES: para impressionar, diga que cachaça envelhecida guardada no freezer ganha a viscosidade de um licor, e substitui até um bom brandy.
  10. DEGUSTARÁS, MAS NÃO SE TORNARÁS UM CACHACEIRO: as provas de cada cachaça devem ser pequenas. Mesmo. Mas não se cospe depois- seria pedir demais. Tenha sempre água, pão ou bolinho para consumir entre as provas, para limpar a boca.
Download do Ranking das 20 melhores cachaças
Share This Post On

17 Comments

  1. Passei no mercado municipal casa do norte tem mais de 600 marcas de cachaca para escolha pude conversar com o Carlao da cachaca portal da baraceia, onde degustação foi inevitável parabéns pela cachaca e pelo atendimento.

    Post a Reply

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>