Recorde de ressaca (depois de 35 litros de cerveja)

Um homem de 37 anos entrou em um hospital em Glasgow, na Escócia, queixando-se de uma dor de cabeça que não passava e de estar vendo tudo rodando. Os sintomas já duravam quatro semanas, disse ele.

Depois de exames e perguntas, os médicos, perplexos, deram o diagnóstico: era a maior ressaca da história da cerveja. A história aconteceu em outubro de 2006 e foi publicada pelo jornal britânico “The Lancet” na última sexta-feira.

“O paciente não tinha antecedentes de ferimentos na cabeça ou perda de consciência. Seu histórico médico era irrepreensível, e ele não estava tomando remédios”, afirmou Zia Carrim e dois outros médicos do Southern General Hospital.

A temperatura e a pressão estavam normais. O exame neurológico deu negativo. Foi só quando um oftalmologista foi chamado é que as coisas começaram a ficar menos nebulosas.

Segundo o oculista, o paciente estava com pequenas hemorragias e com os discos óticos dilatados. “Fomos atrás então de uma história mais detalhada do paciente”, afirmou Zia.

Ele acabou revelando que havia consumido 60 canecas de cerveja (cerca de 35 litros) durante quatro dias, depois de uma “crise doméstica”.

Os médicos concluíram que a grave desidratação causada pelo álcool tinha provocado uma rara trombose cerebral (cuja sigla em inglês é CVST). O exame dos vasos sanguíneos do cérebro confirmou o diagnóstico.

Demorou mais de 6 meses para que o tratamento de afinamento do sangue acabasse com as dores de cabeça e devolvesse a visão normal ao azarado cervejeiro.

Fonte: G1

URL da Imagem do Autor: Webmaster

Compartilhe Este Artigo no

Enviar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *